O Que é TAEG: Qual a Sua Importância e Como Calcular?

O-que-e-TAEG-Qual-a-Sua-Importancia-e-Como-Calcular-

Quando se fala de empréstimos bancários, é certo que o tema da TAEG será sempre abordado, independentemente da finalidade de crédito que pretende contratar.

Esta é, efetivamente, uma taxa importante para conseguir avaliar de forma assertiva as suas propostas de crédito, garantindo assim que irá aceitar sempre a oferta mais vantajosa, ou seja, a mais barata para a sua carteira.

Neste artigo, iremos apresentar-lhe, ao detalhe, tudo o que precisa de saber sobre a TAEG!

O Que é a TAEG?

A TAEG, é a sigla utilizada para a abreviatura de Taxa Anual de Encargos Efetiva Global.

Esta taxa acaba por funcionar como um indicador no mundo dos créditos online, sendo que o seu objetivo é demonstrar ao consumidor qual o custo total de um crédito, através de uma percentagem anual.

A TAEG é composta por todas as despesas que estejam associadas ao crédito, bem como as taxas de juro, claro. Dentro destas despesas podemos encontrar todos os encargos administrativos que podem incluir: comissões, impostos, seguros, entre outras despesas obrigatórios e/ou variáveis.

Se tenciona contratar um crédito pessoal, por exemplo, será essencial perceber como analisar uma TAEG.

Desta forma, poderá entender qual o montante total que irá pagar pelo dinheiro que a entidade financeira lhe irá emprestar, incluindo como já vimos, todos os custos associados à sua contratação.

A TAEG permite-lhe ter uma visão clara e direta de quais são os valores a pagar. Há quem olhe apenas para a prestação mensal a pagar mas, ainda que seja importante fazê-lo, saiba que pode estar a pagar mais pelo seu crédito, mesmo tendo um encargo mensal mais reduzido.

Simulador de Crédito Pessoal
  • Que crédito procura?
  • Enviar pedido!

Simulador de Crédito Pessoal

Simule o seu empréstimo pessoal em poucos minutos e obtenha a proposta mais adequada!


5000
84
50000
40
5000

Onde Posso Encontrar a TAEG Numa Proposta de Crédito?

Durante qualquer processo de crédito, qualquer que seja a finalidade, saiba que a entidade financeira ou intermediário de crédito tem a obrigação de lhe apresentar uma Ficha de Informação Normalizada (FIN), no caso de créditos pessoais ao consumo.

Já em créditos hipotecários, existe um documento mais específico, a Ficha de Informação Normalizada Europeia (FINE).

Em qualquer um destes documentos, é possível encontrar, de forma detalhada, todas as condições e obrigações previstas no contrato, antes mesmo de o assinar. É na FIN ou FINE que poderá encontrar a TAEG associada à sua proposta de crédito.

Em alguns simuladores de crédito online também é possível visualizar esta taxa, ainda que nestes casos, as condições possam não ser 100% definitivas.

NOTA: É sempre importante considerar o prazo do seu empréstimo, já que isso é algo que poderá afetar diretamente a sua TAEG. Um prazo mais longo pode diluir os encargos fixos, resultando numa percentagem aparentemente mais atrativa.

Contudo, deve sempre ponderar a relação entre a duração do empréstimo e o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC), ou seja, o total que terá de reembolsar ao final do contrato à entidade.

Quais as Diferenças Entre a TAEG e a TAN?

Importancia-da-TAEG-em-creditos-online

Quando procura um crédito, é essencial entender as taxas que irá enfrentar. A Taxa Anual Nominal (TAN) representa os juros anuais que o banco cobra pelo empréstimo.

Já a Taxa Anual Efetiva Global (TAEG) inclui, além dos juros, todos os encargos associados ao contrato de crédito, tais como comissões, despesas de processamento e imposto de selo.

A TAN:

  • Reflete apenas a percentagem de juros a pagar anualmente;
  • É a taxa base utilizada para calcular o custo do seu empréstimo;
  • Não engloba custos adicionais.

A TAEG:

  • Inclui todos os custos do crédito, oferecendo uma visão mais abrangente;
  • Ajuda a comparar diferentes ofertas de crédito de forma mais eficaz;
  • É mais alta que a TAN devido à inclusão de todos os encargos adicionais.

Por exemplo, se pedir um crédito pessoal, a TAN pode ser de 5%, mas a TAEG pode ascender a 7% quando se adicionam os outros custos. 

O Banco de Portugal recomenda que baseie a sua escolha na TAEG para obter uma perspectiva realista do custo total do crédito.

Algumas dicas para escolher melhor o seu crédito:

  • Verifique sempre a TAEG antes de assinar um contrato de crédito;
  • Lembre-se: uma TAN baixa pode esconder encargos mais elevados, resultando assim numa TAEG mais alta;
  • Use a TAEG para comparar propostas, pois ela reflete o custo total do empréstimo.

Ao analisar todas as taxas, conseguirá perceber de forma eficaz, qual a proposta de crédito que melhor se ajusta às suas necessidades e objetivos.

Qual a Importância da TAEG?

Como já se apercebeu, a TAEG é crucial para entender o custo total do seu crédito. Mas afinal, como pode utilizar esta taxa para comparar propostas de crédito distintas?

Como Comparar a TAEG em Propostas de Crédito

Quando efetua um pedido de crédito junto a um intermediário de crédito, por exemplo, é bastante comum que lhe sejam entregues várias propostas de crédito, de entidades diferentes e claro, condições distintas,

Para comparar e escolher a opção de crédito mais em conta, deverá focar-se na análise direta da TAEG.

Não se limite a observar apenas as taxas de juro nominal, pois conseguirá ter uma visão mais clara dos encargos associados através da análise da TAEG. 

Lembre-se ainda que, o MTIC (Montante Total Imputado ao Consumidor) também é um indicador essencial durante a comparação de diferentes propostas de crédito, pois reflete o custo total do empréstimo. 

Caso verifique que uma determinada proposta possui uma TAEG claramente mais baixa, é prática comum fazer uma verificação de possíveis  custos ocultos, que podem inclusive surgir ao longo do empréstimo.

DICA: Verifique sempre a Taxa Anual Efetiva Revista (TAER) em conjunto com a TAEG, pois esta taxa irá mostrar-lhe qual o custo da projeção de um aumento das taxas de juro. Este é um ponto fundamental em créditos indexados à taxa Euribor.

Por último, certifique-se de que entende todos os termos da sua proposta de crédito. Caso contrário, deverá tentar esclarecer quaisquer dúvidas junto da entidade bancária

Enquanto cliente, tem o direito de estar inteiramente a par de todas as nuances contratuais, pelo que não deverá proceder com qualquer contrato de crédito se sentir que não está totalmente confortável com a proposta que tem em mãos. 

Como é Calculada a TAEG?

Para calcular a TAEG de um crédito pessoal ou habitação, siga estes passos:

  1. Identifique todos os custos: Some todas as despesas diretas e indiretas, desde os registos e aberturas de processos, comissões de manutenção de conta, até aos produtos associados que possam ser obrigatórios.
  2. Encontre o montante total do crédito (MTIC): O MTIC reflete o montante total que irá pagar pelo crédito, juros e demais taxas incluídas.

Para calcular a sua TAEG, deverá utilize a seguinte fórmula:

TAEG = [(total de encargos / montante financiado) / número de anos do empréstimo] x 100

  1.  Substitua com os dados do seu empréstimo para obter a percentagem de TAEG.

Conclusão

A TAEG é um indicador que deve conhecer durante qualquer processo de pedido de crédito. 

Este tipo de conhecimento irá garantir-lhe um maior à vontade quando chegar a hora de avaliar múltiplas propostas de financiamento.

Em qualquer tipo de empréstimo, uma pequena variação da TAEG poderá ter um impacto significativo no custo total do seu crédito, principalmente se o prazo de pagamento escolhido for mais alargado.

Se o objetivo é pedir um financiamento com condições competitivas, certifique-se de que sabe onde pode encontrar a TAEG do seu crédito e identificar qual a melhor oportunidade para a sua carteira!

Talvez tenha interesse em: